quinta-feira, 25 de abril de 2013

"Perante as coisas que simplesmente existem"































































___________________
Rafael Crisóstomo tem 24 anos, é fotógrafo, jornalista em um site de notícias e estudante de Química. Quando criança, ao ser fotografado pela primeira vez (a primeira que ele se recorda, ao menos), ficou fascinado e passou a saber o que queria ser quando crescesse. Cresceu, e não mudou de ideia. Não teve mestre, nem curso. Aprendeu como autodidata, estudando e seguindo seu desejo e sensibilidade. O título “Perante as coisas que simplesmente existem” é um verso do poema “Às vezes, em dia de luz perfeita e exacta”, de Alberto Caeiro, heterônimo de Fernando Pessoa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Com sentimento sincero e responsabilidade, fique à vontade para comentar.