sexta-feira, 26 de abril de 2013

ILUMINURAS [nº 1 – abril/2013]



Snail in tree - Jon Sullivan



Ao homem ― gênero humano, claro esteja ―, assim como a muitos outros seres deste planeta, é dada a possibilidade de ver. Mas mais ainda lhe é dado: ao homem, cabe a possibilidade de olhar, que é mais que ver/perceber/ser estimulado pela luz que incide sobre os objetos e lhe excita a visão.

Para nós, as imagens são fontes de sentido, simbolizam algo, significam aquilo que, unido ao mais dos nossos sentires, das nossas memórias e impressões, nos aguça a sensibilidade, nos toca de modo muito próprio.

Nisso, há os artistas que têm por ofício utilizar seus talentos na captação/geração de imagens. Sejam desenhistas, pintores, fotógrafos, escultores, quais sejam, nos presenteiam com aquilo que seus sentidos olharam (sentiram) e se emocionaram, todos em comunhão com a coisa vista.

As imagens que veremos nesta primeira edição de Iluminuras passaram antes por dois focos (dois corações): o de Ana Flávia Junqueira e o de Rafael Crisóstomo.

Aos visitantes, para melhor passeio em cada conjunto, sugerimos que cliquem na primeira imagem e depois, utilizando as teclas de avanço e recuo, vejam imagem por imagem na janela lightbox. Para retornar à Kaya, basta clicar "aqui".

Que os vossos olhos sejam vossos amigos!


Os Editores

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Com sentimento sincero e responsabilidade, fique à vontade para comentar.